9 de fev de 2011

Mistérios em GRAN PAJATEN!

" O levantamento por meios físicos é a única resposta possível. Eu creio que esta máquina levantadora de pesos foi uma nave espacial, provavavelmente de grande tamanho, que trouxe colonos de várias partes do mundo, proporcionou o grande poder elevatório para erigir enormes construções de pedra, e logo foi destruída ou distanciada de modo repentino. Estas hipóteses poderiam explicar todos os movimentos de pedras sobre os quais os arqueólogos e os engenheiros tanto se têm interrogado"
(Dr. Morris Jessup, cientista norte-americano)

Sim, representa um verdadeiro e além de tudo estonteante enigma o fato de COMO na mais remota antigüidade as perdidas civilizações elevavam enormes blocos rochosos às grandes altitudes, sem teoricamente disporem de máquinas ou avançadas tecnologia para tanto - sem o que, e por mais paradoxal que seja, tais façanhas jamais poderiam ter sido executadas! Na foto acima você vê um outro notável exemplo: as ruínas da misteriosa Gran Pajaten, obras de uma desconhecida civilização pré-incáica, dormiram seu sono intocadas desde muitos séculos atrás, perdidas em meio a uma enorme altitude de 2400 metros e somente casualmente descobertas por um grupo de camponeses no ano de 1963 - nas proximidades de Pataz, no Peru!

Em meio às espessas selvas, foram encontradas as estranhas e majestosas ruínas de 18 edifícios finamente decorados e também as exóticas figuras de estranhos animais; de vegetais exóticos e bizarros ídolos que somados preenchem uma extensão de 32 hectares!

Além de terem possuído uma fantástica organização social, conforme assim constataram os cientistas da Universidade do Colorado, os desconhecidos habitantes de Gran Pajaten eram também exímios arquitetos e artistas, e os seus estranhos edifícios eram bastante decorados, como se pode ver na foto acima.

Curiosas e bem elaboradas esculturas, tais como essas, adornavam as edificações verticais e retratavam criaturas divergentes dos padrões tradicionais e que foram conhecidos em toda a antigüidade - porém as semelhanças com os famosos "gigantes" da Ilha de Páscoa tornam-se chocante!

Façamos aqui as devidas comparações com os famosos "Moais" da distante Ilha de Páscoa, situada no meio do Oceano Pacífico.

Aliás, o que mais chamou a atenção dos primeiros exploradores, foi exatamente essa profusão de curiosas figuras, até mesmo de alguns exóticos seres, que pendem de quase todos os edifícios e batizados pela população local como 'Los Pinchudos" - algo que soaria como "Os Pendurados"!

E por toda as partes estão igualmente espalhadas as imagens de estranhos ídolos!

Como, por exemplo, também ao lado dessa grande escadaria!

E também este outro, gigantesco, e que parece representar uma criatura dotada de asas!

Aqui, mais algumas manifestações artísticas encontradas em Gran Pajaten. Ao centro, vemos a cabeça de um outro estranho ídolo.

E como que velando pela entrada da misteriosa Gran Pajaten, temos ainda este impressionante - e além de tudo enorme - rosto leonino, esculpido no liso paredão rochoso!

Porém, o verdadeiro e sagrado símbolo da misteriosa Gran Pajaten era essa estranha ave, à esquerda, que muitos classificaram como "condor" e que todavia nos remete ao culto dos "homens-pássaros" da remota Ilha de Páscoa (petroglifo à direita)!