16 de jul de 2011

O maior desastre causado por animais da história


Em fevereiro de 1945, durante a Segunda Guerra Mundial, as forças britânicas lançaram um ataque maciço contra o exército imperial japonês na ilha de Ramree, um ponto estratégico importante pertencente a Birmânia. 
Obrigados a bater em retirada pela intensidade do ataque, cerca de 1000 homens do exército japonês recuaram dez milhas através do mangue, utilizando a escuridão da noite e a vegetação densa como cobertura. 
A fuga era um esforço para organizar uma força defensiva e tentar recuperar o controle da situação mas, com a infantaria britânica avançando, os japoneses cada vez mais se embrenhavam no pântano. 
Algum tempo depois, os britânicos em barcos patrulha ao redor da ilha começaram a ouvir gritos aterrorizados vindos do manguezal. 

Foto de fvanrenterghem 
Atraídos pelo barulho das tropas nipônicas, imensos crocodilos de água salgada que espreitavam nas águas do pântano, causaram aquele que foi considerado o maior desastre envolvendo animais e humanos da história. 
Qualquer um que estivesse ferido não tinha esperança de sair. 
Desesperado, o exército fugitivo lutava inutilmente e, entre tiros e gritos, os homens eram devorados um a um, esmagados nas mandíbulas dos crocodilos gigantes. Ao amanhecer, os abutres vieram limpar os restos do massacre. 
Não se conhece o número exato mas, segundo testemunhas, dos 1000 soldados japoneses que entraram nas áreas de mangue da ilha Ramree, apenas 20 foram encontrados vivos. 
O incidente consta no Guinness como o maior desastre causado por animais da história. 
Fontes: 1, 2