19 de mar de 2011

Alguns casos acontecidos na Alemanha e Suíça


O Caso Nicole
Nicole é uma jornalista de 38 anos em Munique, Alemanha:
Durante umas férias que passou no Hawaii, ela viu um disco voador que estava pousado numa colina, à uns 100m de distância de onde se encontrava. "Uma luz saiu de uma abertura do OVNI e uma figura apareceu. Ele desceu por uma escada invisível para mim. Entretanto dois passos depois ele parou. Eu acho que ele me viu ou sentiu a minha presença. Entrei em pânico e corri para o quarto entrando debaixo dos cobertores. Não sei quanto tempo fiquei lá".
Se alguma coisa aconteceu à Nicole naquela noite ela não se lembra. Após um certo tempo ela escreveu para o pesquisador Johannes Fiebag onde dizia que havia tido um sonho no qual enquanto ela dormia alguns homens apareceram no seu quarto. "Ele parecia estar se divertindo e sussurrava para os outros perguntando se eu estava dormindo ou não". Esses seres teriam colocado algo nas costas dela e depois ela ouviu os seres irem embora. "Eu pulei da minha cama e percebi que estava sem a minha camisola. Subi correndo até o terraço mas não vi nada, só dois galhos de árvores quebrados".
Caso Hans-Joerg
Hans-Joerg é um trabalhador do varejo que vive em Dortmund, Alemanha: "Alguns anos atrás, quando eu vivia com a minha noiva, alguma coisa aconteceu que me deixou muito confuso. Fez com que o meu medo de escuro virasse um problema patológico. Eu não consigo me lembrar da data exata, mas foi no final de 1990 ou início de 1991. Numa noite eu acordei e vi um pequeno ser passar ao meu lado. Eu sei que isso parece loucura...ele tinha 1m de altura e vestia algo com um capuz. Ele não olhou para mim, só passou e foi para o corredor...mas não havia porta nenhuma lá. A minha namorada não acordou e mais tarde quando isso aconteceu ela me viu sentado na cama totalmente transtornado".
O Caso Carola
A fotógrafa Carola, de 36 anos, morava em uma pequena vila no estado de Mecklenburg, Alemanha:

Em março de 1994 ela estava em casa às 23:00. As crianças já estavam dormindo e ela estava sozinha. "No meu caminho para o quarto, eu de repente me senti desconfortável, como se eu estivesse sendo observada. Olhei para os lados e para a janela. O pátio estava escuro. Fiquei com muito medo e fui direto para a cama. Depois que eu me acalmei um pouco ouvi um estranho zunido. Fiquei apavorada e resolvi sentar para ouvir melhor, mas não conseguia me mover. Eu vi vários homenzinhos cinzas no pé da minha cama. Eles pareciam estar falando de mim. Duas outras figuras estavam ao lado da porta do meu quarto. O medo que eu sentia em relação ao meu filho de 15 anos era indescritível! Tentei gritar para a minha filha mas não pude. Neste momento eu percebi que eles estavam também no quarto dela. Eu senti isso. Ela gemia muito enquanto dormia. De repente eu não podia mais ouvir ou ver e o pior foi que eu percebi que não podia mais raciocinar, formar simples frases. Pareceu que todas as minhas habilidades haviam sumido. Tudo o que sei é que isso está ligado aos seres que eu vi. Não sei realmente o que aconteceu comigo ou com a minha família".
O Caso Ulrich
Ulrich é um jovem de 21 anos da Suíça. Desde criança ele teve várias experiências, muitas amedrontadoras e curiosas:

"Com a regressão por hipnose eu posso reconstruir o que ocorreu na noite de 10 para 11 de maio de 1994. Eu estava dormindo na minha cama quando fui acordado de repente por uma forte luz azul. Me escondi debaixo das cobertas e pensei: - Não, de novo não! Isso não pode ser real. Então tive a sensação de estar flutuando e a minha memória sumiu abruptamente. A próxima coisa de que me lembro foi estar deitado numa mesa de aproximadamente 50cm de altura. Era um quarto escuro. As paredes pareciam ser muito lisas. Debaixo do meu pé direito tinha uma coisa parecida com uma coluna. De repente, uma figura branca e magra ficou por cima de mim. Ela tinha grandes olhos negros, mas não tinha cabelos. Mesmo pensando que fosse sentir nojo, algo me fez ficar excitado, não sei porque. Todo o episódio foi repetido por outra criatura, mas eu não consigo me lembrar dela. E como se já não bastasse um terceiro ser veio para cima de mim. Tudo o que eu consigo me lembrar dessa terceira fêmea, era que ela tinha umas feições mais humanas. Após isso eu comecei a chorar."
O Caso Ina
Ina, uma alemã, relatou que em 1991 foi abduzida por seres alienígenas:

"Eu estava deitada na minha cama e eram quase 23:00. Meu marido tinha acabado de adormecer e eu olhava para a janela. Nós não tínhamos cortinas no quarto e por isso eu podia ver o céu muito bem. De repente a minha realidade mudou! Ela foi de alguma forma modificada. Eu vi um feixe de luz no meu quarto e flutuei por ele para fora da minha casa. Estranhamente eu atravessei o vidro da janela. Me sentia muito bem e com a presença de um ser de luz do meu lado direito. Eu o vi com o "rabo de olho". Não pude reconhecer o seu rosto, mas tenho certeza de que era uma fêmea. Eu estava muito excitada e feliz e pensei: ‘Nossa, você realmente existe. Foi aí que eu pensei no disco voador, mas só via o feixe de luz e o brilhante ser. Esse ser emanava uma bondade e amor os quais eu nunca tinha sentido antes. O ser então me perguntou: ‘Claro, o que você estava pensando?’, ela respondeu naturalmente e suavemente, como uma mãe responde à uma pergunta tola do seu filho. Eu me sentia muito bem e feliz. Eu ainda me lembro que nós flutuamos juntas no feixe de luz. Fomos à uma grande luz branca, onde tinha uma abertura. De repente me vi novamente na minha cama. O meu marido ainda dormia e eu estava ainda com o meu rosto virado para a janela como se nada tivesse acontecido. Mas tenho certeza de que algo aconteceu..."