20 de jan de 2011

Será que haveria um túmulo misterioso em Maricá?

Ernesto Villafuertes Zavaleta no pé da montanha de Maricá


Esfinges, imagens da mitologia egípcia, rostos de extraterrestres e até mesmo um túmulo de um Deus da antiguidade. Estas são as descobertas de Ernesto Villafuertes Zavaleta diz ter feito numa montanha próxima a RJ-106 no distrito de Inoã em Maricá.
A mais interessante das descobertas seria o túmulo do Deus Om, encontrado no interior da caverna localizada no meio da montanha, a cerca de 200 metros de altura. A maior parte dela está fechada por um muro, que parece não ter sido obra da natureza. Na verdade suspeita-se que foi construído pelos extraterrestres que até hoje podem estar guardando o túmulo.
Apesar de nunca ter entrado na caverna, Ernesto garante que o sarcófago está lá. Segundo ele, o Deus Om era de grande ajuda e só fazia o bem aos povos vizinhos.
Ernesto se diz médium e diz que utiliza a telepatia e a clarividência para estudar ufologia. Diz ele que é através da telepatia que ele se comunica com os extraterrestres.
"Esta minha habilidade é muito rara e é a única forma de sabermos o que de fato aconteceu em tempos remotos", explica Ernesto.
Os moradores da região dizem que desconhecem atividades extraterrestres nesta região da montanha de Maricá, e não dão muito crédito a que Ernesto está afirmando.
"Moro aqui há 23 anos e nunca vi nada de anormal neste lugar mencionado por este peruano. Para mim é mais uma história da imaginação humana", afirmou José Carlos Pereira.
Aparecida da Silva Ferreira afirma que às vezes em noite de lua cheia que alguns jovens e adolescentes afirmam verem luzes estranhas no pé daquela montanha.
A verdade é que Ernesto conseguiu chamar a atenção da região com suas supostas informações, mas até agora o túmulo misterioso do Deus Om ainda não apareceu.