16 de jan de 2011

Caso: Incidente em Yellowstone

Este insólito incidente ocorreu cinco dias após o famoso Caso Roswell. No dia 07 de julho de 1947, um avião bimotor P-38 voava a cerca de 10.000 metros de altitude sobre o Parque Nacional de Yellowstone, sob comando do tenente Vernon Baird. O avião P-38 tinha sido convertido em um avião de reconhecimento fotográfico e, naquele momento, atuava por conta do Serviço Fotográfico do Corpo Militar de Engenheiros. As condições atmosféricas eram excelentes, com um céu azul, sem nuvens, completamente limpo e excepcionalmente ótimo para navegação aérea.
De repente, o operador fotográfico observou um estranho objeto no céu. "Uma coisa..." – como ele mesmo descreveu posteriormente – "... dessas que tanto falam os jornais" (referindo-se aos discos voadores). Chamou atentamente a atenção do piloto com gritos como "Ali estão! Eles vêm vindo agora!". A primeira reação foi pensar num ataque militar surpresa similar ao de Pearl Harbour. Afinal, não fazia muito tempo que a guerra tinha acabado e Pearl Harbour ainda era um pesadelo bastante vivo entre os americanos. Mas, quando o tenente voltou para responder ao fotógrafo, observou um objeto com uma forma muito peculiar. Parecia uma espécie de ostra gigante metálica.


 Assustados e limitando-se a cumprir as ordens do alto comando pelo rádio, o avião disparou rajadas de projéteis com suas metralhadoras. Os tripulantes do P-38, viram o objeto se partir em dois, como uma ostra, diante do impacto das rajadas. Logo em seguida, o UFO começou descer vertiginosamente e as suas duas partes danificadas batiam fortemente uma contra a outra. Neste momento, o tenente viu pela primeira vez que voavam sobre uma formação de pelo menos doze naves similares a que foi atingida. A formação se dispersou diante do ataque do P-38.
Para a tripulação do P-38 não existia a menor dúvida de que se encontrava diante de aparelhos metálicos. "Pareciam feitos de alumínio", declarou posteriormente o tenente Vernon Baird. Na parte superior do UFO havia uma espécie de cabine ou cápsula esférica transparente. A cor da superfície do objeto parecia ser de alguma tonalidade próxima a pérola-cinza.

Mas o aspecto inusitado é que todos, viram o objeto ser atingido, se partir e cair rapidamente na direção do chão – o que ocorreu entre Blena e a Cordilheira do Range, no estado de Montana, sobre o Parque Nacional de Yellowstone. No entanto, toda a área foi inspecionada acuradamente e nenhum vestígio do suposto UFO abatido, foi encontrado – pelo menos é o que foi informado oficialmente através da imprensa...



Revisando Conceitos 


O avião P-38, sob comando do tenente
Vernon Baird, intercepta UFO.


Cumprindo ordens do alto comando,
os militares disparam contra o objeto.


Ao ser antigido, o UFO se abre em dois,
como as valva de uma ostra.


Logo em seguida, o UFO inicia uma
queda vertiginosa de uma altitude de
10.000 metros.


Fonte: Infa