21 de dez de 2010

Mais Avistamentos de UFOs?


Data: 02/2007

Victoria Hardy é a baterista da dupla pop “3 Feet Up”. Ela vive na Carolina do Norte com seu marido – que é, também, a outra metade da dupla – e eles atualmente estão gravando o segundo CD da banda.Tenho absoluta certeza de que os UFOs existem. Embora eu jamais tenha visto algum artefato, tenho visto ao longo dos anos luzes entranhas que me fizeram coçar a cabeça. Meu marido alega que luzes estranhas e não identificadas são sinônimos de UFOs, mas eu sempre achei que seria necessário um aterrissar em meu jardim, com um alien intacto, para que eu acreditasse plenamente que eles existem. Suponho que meu lado spiritual anseia pelo conhecimento da vida além das fronteiras deste planeta e meus sonhos têm sido sempre recheados por estrelas flamejantes e luzes e e objetos estranhos. Meu medo, creio, é de que após descobrirmos a verdade acerca do fenômeno UFO, fiquemos desapontados, pois poderá não ser a tão esperada solução miraculosa para os nossos males.Notícias de última hora parecem estar repletas de avistamentos, além do fato de que o relatório O’Hare é, agora, legendário. Um piloto aposentado da força aérea no Arkansas oferece imagens sobre o avistamento de luzes que “não são deste mundo”. No Irã, foi relatado em 17 de janeiro que um objeto brilhante foi visto pairando por sobre o horizonte. Em 10 de janeiro, também no Irã, foi relatada a queda de um artefato. No Reino Unido, um oficial de polícia aposentado declarou que viu um objeto cilíndrico em disparada através do céu emitindo chamas amarelas e laranjas, o qual ele alegou tê-lo deixado tenso. Uma possível queda também foi testemunhada na África do Sul e na Rússia. E por cima disso tudo, têm ocorrido numerosos relatos de luzes brilhantes riscando os céus do planeta como raios, que têm sido atribuídas a meteoros, lixo espacial e a passagem do Cometa McNaught.Alguns crêem que a negação da existência dos UFOS é o maior acobertamento governamental de todos os tempos; outros pensam que o governo está perpetuando o cenário de abduções para confundir e desacreditar as testemunhas. Alguns concluem que os “grays” foram criados como escravos dos “annunaki” (ou povo largato), que eles suspeitam serem os verdadeiros controladores deste mundo, o homem por detrás da cortina e a serpente do Jardim do Éden. Outros sentem que estamos no limiar de um grande despertar e que em breve encontraremos nossos vizinhos galácticos. E ainda outros sugerem que eles poderiam ser viajantes do tempo, do nosso futuro. Após o Natal, eu vi Jack Van Impe, um profeta tele-evangélico, mostrar rapidamente dois novos clipes da NASA e dar a entender que a Nova Jerusalém poderia estar vindo do espaço. E com o acréscimo do novo outdoor da KFC próximo da Área 51, que pode ser visto do espaço, é suficiente para deixar qualquer mente confusa.Meus pensamentos giram em torno do livro de John Keel, “The Mothman Prophecies “ - As Profecias do Homem Mariposa; e fico imaginando se todos estes avistamentos não sejam um prenúncio de coisas ruins que estão por vir. Foi a 40 anos atrás, em Point Pleasant, West Virginia, que as pessoas estavam relatando luzes estranhas pairando sobre o rio e o avistamento de estranhas criaturas semelhantes à mariposas. Logo em seguida a ponte colapsou, caindo no rio e matando 46 residentes. Foi uma coincidência que durante os estranhos eventos em Point Pleasant nós estávamos em meio a uma guerra muito criticada (NT. Vietnã), justamente como a de agora? (NT. Iraque) É também coincidência ter ocorrido uma onda de avistamento de UFOs nos anos de 1966 e 1967, exatamente como agora, 40 anos depois? E é também uma coincidência que os americanos estavam no caos, enterrando seus filhos mortos numa guerra que era pouco compreendida, muito similar à de hoje?Eu não ligo para coincidências, elas fazem o meu cérebro coçar, e eu acredito que há poesia e razão no funcionamento do planeta, padrões que somos muito jovens ou arrogantes para compreender. Sabemos que Christopher Columbus escreveu sobre o avistamento de luzes estranhas em sua jornada pela América, coisa que pareceu fantástica para os ingleses, embora nem tanto para os indígenas. Poderiam aquelas luzes no céu terem sido um aviso aos moradores da Ilha da Tartaruga (agora conhecida como América) tomarem cuidado com uma ameaça de invasão

Fonte: Revista UFO