4 de jan de 2013

AP – Tiahuanaco


Outrora, existiu uma misteriosa civilização avançada na Bolívia, a qual era extremamente avançada perante sua época, chamada de Tiwanaku (Tiahuanaco). Acredita-se que está civilização teve seu ínicio entre 1500 A.C e seu auge entre 300 D.C até mais ou menos 1000 D.C. Tiahuanaco se tornou famosa pelo fato de suas construções obterem uma engenharia muito mais avançada que a dos próprios egípcios! Acredita-se também que esta civilização foi a precursora do Império Inca, porém por algum motivo os Incas nunca tiveram construções tão inteligentes como em Tiahuanaco. Uma teoria aponta que existe muito mais por trás destar ruínas e é isto que vamos analisar.

Tiahuanaco: A cidade do Sol

As ruínas desta grandiosa cidade se situam perto do lago Titicaca na Bolívia e estima-se que floresceu com poder pelo menos durante 5 séculos. A cidade também pode ter sido um importante polo comercial e também um importante local de peregrinação religiosa. Existe também uma hipótese que Tiahuanaco foi a primeira cidade do mundo, mas infelizmente muito pouco se sabe desde povo, pois não há nenhum indício de alguma linguagem escrita, tornando aquele povo ainda mais misterioso. Mas o fato é que por falta de uma linguagem, eles deixaram algo muito mais misterioso e grandioso para trás: suas construções.
“O Portal do Sol (clique na imagem para ver em alta resolução)”
“Aqui o Portal do Sol visto de costas”
Existe muita dúvida sobre como se era construído e moldados os blocos usados, pois sua precisão e acabamento são simplesmente impressionantes. Acredita-se que era usada uma medida única de 60 centímetros chamada Luk’a ou mesmo, que eles já conheciam a proporção de Pitágoras. É possível em Tiahuanaco ver estruturas muito bem projetadas, com cortes em blocos praticamente perfeitos para se encaixarem e deslizarem corretamente. Ao contrário de todas as outras civilizações da mesma época que trabalhavam com grandes construções piramidais, os habitantes de Tiahuanaco já faziam estruturas verticais, como as muralhas e paredes que surgiram mais tarde e são usadas até hoje!
“veja a precisão entre as pedras, funcionando como tijolos”
Outro fato interessante extremamente interesssante é que ao contrário de todas as outras civilizações que apenas encaixam os blocos, os construtores de Tiahuanaco já faziam moldes nas pedras para se encaixarem perfeitamente. Era uma liga de metal que era derretida e colocada em estado fervente dentro do espaço de encaixe da pedra, formando como um “grampo” entre as pedras. Isso significa que eles já conheciam o ramo da metalurgia e já utilizam fornos, um fato interessante, já que acreditava-se que os egípcios haviam sido os pioneiros no ramo. Outro fato é que o método do uso de vigas em construções só começou a ser usado nas construções apenas no século XX. Como então, habitantes indígenas americanos já poderiam entender essa tecnologia quase 2000 anos antes?

“1. detalhe aonde os blocos eram presos por metalurgia; 2. close da precisão entre os blocos”
Muitas das construções são tão retas e perfeitas simetricamente que são quase impossíveis de terem sido cortadas manualmente. Existe uma teoria de que eles já tinham algum conhecimento de máquinas e ferramentas avançadas de corte, o que faz isto se tornar um mistério maior ainda, pois as máquinas de corte também só começaram  a surgir a 100 anos. Agora, se o povo de Tiahuanaco já era tão avançado, porque estes ensinamentos não passaram para a geração do povo Inca? E será que o próprio povo descobriu todas essas coisas ou houve alguém que os ensinou?

Estátuas

Acredita-se que o povo de Tiahuanaco adorava o Sol já que havia um portal em homenagem a ele, o qual mostra um ser no centro, em volta de muitos outro seres com asas (talvez uma representação dos habitantes ou algo mais). Porém o interessante são os traços das estátuas. Muitos as comparam com os famosos Rapa Nui da Ilha de Páscoa. Você consegue ver alguma semelhança?
Tiahuanaco é realmente interessante, pois aponta para uma civilização muito avançada perante sua época, mas que infelizmente pouco se sabe quem eram e o que aconteceu com seu povo. O fato também deles serem um elo perdido faz deixar muitos mistérios. Teria havido uma catástrofe com o povo daquela antiga e majestosa cidade? E como eles poderiam ser tão evoluídos e quais ferramentas usavam para obter tamanha precisão?
Porém os maiores mistérios não estão neste local, mas sim numa cidade próxima do mesmo império chamada Puma Punku.

Veja sobre  AP – Puma Punku