28 de jun de 2011

FAP investiga fenômenos estranhos no céu peruano

O departamento foi criado em Dezembro de 2001 e dedica-se a pesquisa dos fenômenos aeroespaciais anômalos, ou seja, OVNIS .
Na Força Aérea do Peru ( FAP ) tem um departamento criado em Dezembro de 2001, dedicado à pesquisa dos fenômenos aeroespaciais anômalos, OVNIS, que se encontra em uma fase de reestruturação para contar com um orçamento maior e mais pessoal.
O jornal La Republica informou que apesar do tempo de existência "não têm qualquer estatísticas ou dados" sobre esses "fenômenos aeroespaciais anômalos."
O assessor da Direção de Investigações Aeroespaciais (DINAE), que depende a área em questão, Abraham Ramirez Lituma, disse que não contesta que "tais eventos, sem dúvida, acontecem (nos céus do Peru), e, provavelmente, ocorrem todo o tempo no mundo".
Para Ramirez Lituma nada foi provado conclusivamente, mesmo após as investigações sérias que se desenvolveram.
Todavia dentro da FAP existem os depoimentos de três dos seus membros que viram ou seguiram Objetos Voadores Não Identificados (OVNI).
Um deles é o comandante Oscar Santa Maria Huertas, que disse que teve um encontro com um objeto voador em 11 de abril de 1980, quando estava estacionado na base aérea de La Joya em Arequipa.
Outros mil e oitocentos homens que estavam em formação na base militar viram um objeto parado a distância de quase 5 quilômetros.

Fonte: Peru.com