10 de mai de 2011

Vídeos de Bin Laden podem ser falsos e manipulados, diz mídia britânica

Jornal Daily Mail indicou pontos suspeitos em possível imagem de Bin Laden em seu complexo
Uma das imagens mostra homem frágil, de barba branca, como uma figura decadente.
Os supostos vídeos achados por oficiais da inteligência dos Estados Unidos dentro da casa de Osama bin Laden têm causado polêmica.
Nesta segunda-feira (9), o jornal The Daily Mail e a rede BBC, ambos britânicos, publicaram reportagens questionando a veracidade e levantando uma possível manipulação das imagens.
Um dos vídeos apreendidos mostra o homem frágil, de barba branca, que seria o líder da Al Qaeda assistindo a reportagens na televisão sobre si mesmo, segundo a Casa Branca. Porém, no Paquistão, muitas pessoas não ficaram convencidas.
A BBC ouviu 50 pessoas em Abbottabad, onde Bin Laden foi morto, e apenas uma delas disse acreditar que o homem da foto é o terrorista. Um homem disse à BBC que a pessoa que aparece no vídeo é seu vizinho, e não Bin Laden.
Já o Daily Mail diz que a imagem é claramente destinada a expor um Bin Laden idealizado por meio de uma fraude “cuidadosamente fabricada”: o pai do terrorismo reduzido a um homem velho, sem nada para fazer além de assistir a vídeos de si mesmo.
O jornal ressalta que, até mesmo dentro do governo americano, há quem descrevesse Bin Laden como um homem ainda ativo em setores estratégicos e táticos da Al Qaeda.
Além disso, a inteligência americana provou que o complexo onde se escondia o terrorista era um centro de operações do grupo.
Em uma análise do vídeo de Bin Laden, o Daily Mail destacou alguns pontos que suscitam suspeitas.
Um deles ressalta que o terrorista está assistindo a um noticiário sobre ele na TV árabe, com visual gráfico muito parecido com as notícias que se seguiram à sua morte. A TV é de um modelo antigo, de 12 polegadas.
Outro detalhe controverso é do decodificador de TV a cabo na sala, embora Bin Laden não possuísse telefone fixo ou cabos de TV e de internet, por medo de ser interceptado pelos americanos.
“É difícil não ser cínico. Os americanos não podem ter as duas coisas. A ideia de que Bin Laden foi essa figura meio demente e trágica simplesmente não bate”, escreveu o jornal.
Até agora, cinco vídeos foram divulgados pela Casa Branca e mostram o terrorista em dois momentos – com a barba branca e tingida.

Retirado de : http://www.misteriosdahumanidade.com/2011/05/videos-de-bin-laden-podem-ser-falsos-e.html
Fonte Original: R7