22 de fev de 2011

TIPOLOGIA DOS SERES EXTRATERRESTRES


Múltiplos visitantes,
múltiplas intenções...

     Alguns pesquisadores sempre se opuseram à idéia de se fazer uma classificação dos ocupantes de UFOs, apresentando argumentos que poderiam ser resumidos da seguinte forma: "A raridade deste tipo de observação, a pobreza dos dados que possuímos sobre os tripulantes destas naves, as condições ambientais das observações, a falta de conhecimentos biológicos apropriados para este tipo de observação (por parte das testemunhas) etc.
  Todos os casos com tripulantes são difíceis de serem avaliados, visto que nos aproximam mais do fenômeno em estudo. 

ET tipo Alfa
    Sua eliminação seria uma evasiva em assimilar o fenômeno com toda a carga de mistérios que apresenta.
  A nossa posição é de que não se deve entender tudo, e muito menos formular hipóteses "a priori", mas simplesmente analisar e entender o que podemos e deixar o incompreensível para que o tempo resolva. Mesmo assim relacionaremos aqui alguns tipos de seres mais mencionados durante as aparições de UFOs.
  Em resumo, a dificuldade em se fazer pesquisas rigorosas sobre os casos envolvendo tripulantes é um problema intrínseco da própria faceta que este aspecto apresenta.

O ufólogo espanhol Salvador Freixedo, acompanhando outros ufólogos de várias partes do mundo, classificou os Ets de acordo com seu aspecto, procedência, tipo de contatos, etc, em tipos I, II, III, IV, V, mas com freqüência, nos artigos referentes encontramos outras denominações como as que os classificam pelas primeiras letras do alfabeto grego. Assim, de acordo com os diferentes ETs contatados, temos diversos tipos como: 
  Et tipo Alfa (ou alfa-cinzentos), onde podem enquadrar-se os ETs chamados por alguns autores de "reticulanos", rigerianos, "povo da serpente", "povo de ibis" etc. Estes alienígenas são de pequena estatura, pele acinzentada, olhos pretos grandes, oblíquos e sem nariz; as orelhas em geral são pontudas e quando possuem nariz, este costuma ser grande. Alguns são tímidos e lembram duendes das nossas lendas, outros são muito ativos e intelectuais. Aparentemente agem como se fossem robôs e tivessem um comando único dirigido por cérebro comum.

  Et tipo Alfa
 
    Et tipo Beta: são aqueles extraterrestres de aparência bonita (homens e mulheres são muito parecidos), são louros altos (mais de 2,50m) ou louros do nosso tamanho (chamados também de procianianos). Estes seres são bem parecidos com os seres humanos, possuem olhos e pele clara, cabelos compridos e sempre demonstram grande sabedoria. Respeitam o livre-arbítrio e aparentam possuir hábitos suaves e pacíficos. 

    Et tipo Beta
 
Tipo Gama: Entidade ciclóptica e de elevada estatura que foi observada em ocorrência em Belo Horizonte. O ser apresentou-se amistoso,embora cuidadoso e muito forte. 

Et tipo Gama
 
ET classificado como tipo Delta (bizarros e Robóticos) São seres de grande capacidade mental e poderes hipnóticos, são alienígenas que possuem um tipo mais grosseiro, são grandes e por vezes chegam a parecer um robo.


 
ET classificado como: Tipo Ômega (energéticos). São seres luminosos, possuem um corpo mais sutil que o nosso, São muito espiritualizados, geralmente se apresentam mostrando muita leveza flutuando ou voando, de tal foram que normalmente são confundidos com anjos, arcanjos ou com figuras bíblicas.

 

Et classificado como
tipo Sigma

 

Entidade ciclóptica e de baixa estatura
que foi observada em algumas ocorrência
raras. O ser tem um aspecto amistoso,
embora pareça ser muito cuidadoso.

 

Criatura extraterrestre de pêlos e
enorme resistência física
que atacou suas testemunhas nas poucas
ocasiões em que foram observadas.

 

Extraterrestre de baixa estatura,
sempre de escafrando e
de comportamento dócil e amistosos,
presente em muitas observações européias


 

Entidade de escafrando e roupa protetora
que seqüestrou o mineiro Antonio Villas Boas,
um dos casos clássicos da ufologia.
Comportamento hostil.

 

Criatura de espectro amorfo cuja
observação ainda é muito discutida.
Segundo relatos, o ser ofereceu um tipo
de alimento às testemunhas

 

Entidade mítica observada
em casos de contatos com elevados
graus de estranheza.
Tem pele esverdeada e esta relacionado
com as pesquisas oficiais da USAF

 

Ser típico em contatos com extraterrestres
observado sempre com uma bola luminosa
na mão, que possivelmente está ligada à forma
como voa e flutua no ar.

 
Alguns exemplos de seres avistados:

As duas variedades de humanóides que se repetem
na fenomenologia dos encontros são estas: seres
anões de crânio hiperdesenvolvido e seres muito altos
humano e de proporções harmônicas.

 

Retrato falado dos humanóides
descritos por José Higgins, no Brasil

 

Desenho do "humanóide"  visto
na estrada de Zafra a Huelva (Espanha)
em 14 de novemnbro  de 1968
Trata-se de um dos encontros que a
ufologia considera como documentados

 

Uma figura descrita como muito semelhante a um robô
de aspecto metálico aterrorizou a testemunha em Cisco Grove.
O robô expeliu pela sua larga boca algo semelhante
a um vapor, que fez o caçador desmaiar.

 

Desenho realizado por Hickson e Parker
de um dos três seres que o introduziram num OVNI
para submetê-los a uma espécie
de "reconhecimento". O acontecimento foi em Pascagula
(Mississipi), em Outubro de 1973.