5 de jan de 2011

UFO com quase dois quilômetros de extensão é visto por piloto comercial britânico

Um dos maiores UFOs já vistos foi flagrado pela tripulação e passageiros de um avião comercial britânico sobre as ilhas do canal da mancha. Um relatório oficial relatando o caso e denunciando uma "quase-colisão" apareceu várias semanas depois numa revista especializada em aviação. O capitão das linhas aéreas Aurigny (Alderney, em francês), Ray Bowyer, 50 anos de idade, foi o primeiro a ver o estranho objeto e o descreveu como um tendo o "formato de um charuto, emitindo uma brilhante luz branca". E à medida que o avião se aproximava, o capitão pôde analisa-lo mais de perto com um binóculo e disse que "era muito fino, um objeto fino e amarelado com uma área esverdeada".




A foto recentemente divulgada, feita por um dos passageiros do avião

Ele estava parado a 2000 pés (aprox 660 metros) de altura, numa distância que inicialmente me pareceu ser de cerca de 10 milhas (aprox 16 km). Mais tarde eu percebi que ele estava na realidade a 40 milhas (64 km) de distância. À primeira vista, me pareceu ter o tamanho de um Boeing 737, mas deveria ser muito maior, devido à distância que estava. Ele poderia muito bem ter cerca de uma milha (1.6 km) de comprimento!" Continuando a sua aproximação à ilha de Guernsey, Bowyer viu também "um segundo objeto idêntico, mais distante a oeste". Ele afirma: "Era exatamente como o primeiro, mas parecia menor porque estava mais distante. Neste momento estávamos bem próximos da ilha de Guernsey. Eu simplesmente não sei dizer o que era. E se manteve perfeitamente visível por cerca de 9 minutos."

Não é a primeira vez que ouço falar sobre um caso assim, lembro-me de ter assistido um documentário no Discovery que falava de outros casos como esse são casos muito intrigantes.